Educação inclusiva: Prova e avaliação de alunos com deficiência

Comportamento nas provas

A forma de se comportar no ambiente escolar, além de ser ensinada, precisa ser também avaliada. Um aspecto particularmente importante é como se portar durante uma prova. Nesses tempos em que as avaliações de sistemas estão se tornando cada vez mais frequentes, trabalhar essa questão com aqueles que apresentam deficiência ganha importância.

Alunos com deficiência das escolas municipais da capital paulista, por exemplo, já são submetidos à Prova São Paulo, que avalia os estudantes do Ensino Fundamental em Língua Portuguesa e Matemática. Para participar, os alunos com autismo, por exemplo, contam com a ajuda de um professor com quem tenham mais afinidade. As crianças com deficiência visual severa recebem a prova em braile ou fazem o exame com a ajuda de ledor e escriba.

Na Rede Estadual de São Paulo, todos os alunos participam do Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo (Saresp), que serve de base para o Índice de Desenvolvimento da Educação do Estado de São Paulo (Idesp). Mas algumas flexibilizações são contempladas, como no caso dos alunos com deficiência intelectual. Eles fazem a prova como os demais, na perspectiva da inclusão, mas as notas alcançadas por eles não são contabilizadas no resultado final do exame.

Quer saber mais?

BIBLIOGRAFIA

Adultos com Síndrome de Down – A Deficiência Mental como Produção Social, Maria Sylvia Carneiro, 176 págs., Ed. Papirus, tel. (19) 3272-4500, 36,90 reais
Caminhos para a Inclusão, José Pacheco, 232 págs., Ed. Artmed, tel. 0800-7033444, 58 reais
Deficiência e Escolarização: Novas Perspectivas de Análise, José Geraldo Bueno, Geovana Mendes e Roseli Santos (orgs.), 480 págs., Ed. Junqueira&Marin, tel. (16) 3336-3671, 35 reais
O Desafio das Diferenças nas Escolas, Maria Teresa Eglér Mantoan, 152 págs., Ed. Vozes, tel. (11) 3105-7144, 24,40 reais
A Educação do Deficiente no Brasil – Dos Primórdios ao Início do Século XXI, Gilberta Jannuzzi, 256 págs., Ed. Autores Associados, tel. (19) 3249-2800, 39 reais
Educação Especial no Brasil – História e Políticas Públicas, Marcos Mazzotta, 208 págs., Ed. Cortez, tel. (11) 3611-9616, 31 reais
Educação Inclusiva: Cultura e Cotidiano Escolar, Rosana Glat (org.), 212 págs., Ed. 7 Letras, tel. (21) 2540-0076, 35 reais
Educação Inclusiva – Direitos Humanos na Escola, Adriana Marcondes Machado, 163 págs., Ed. Casa do Psicólogo, tel. (11) 3034-3600, 29 reais
Escola Inclusiva e a Organização do Trabalho Pedagógico, Rosita Edler Carvalho, 152 págs., Ed. Mediação, tel. (51) 3330-8105, 38 reais
Habitantes de Babel: Políticas e Poéticas da Diferença, Jorge Larrosa e Carlos Skliar (orgs.), 304 págs., Ed. Autêntica, tel. (31) 3222-6819, 42 reais
Inclusão e Educação – Doze Olhares sobre a Educação Inclusiva, David Rodrigues e outros, 320 págs., Ed. Summus, tel. (11) 3872-3322, 62 reais
Inclusão Escolar – Pontos e Contrapontos, Valéria Arantes (org.), 104 págs, Ed. Summus, 28,90 reais
Inclusão – Construindo uma Sociedade para Todos, Romeu Sassaki, 176 págs., Ed. WVA, tel. (21) 2493-7610, 35 reais
Inclusão – Um Guia para Educadores, Susan Stainback e Willian Stainback, 456 págs., Ed. Artmed, 73 reais
Pedagogia Diferenciada – Das Intenções à Ação, Philippe Perrenoud, 184 págs., Ed. Artmed, 46 reais
A Pedagogia na Escola das Diferenças – Fragmentos de uma Sociologia do Fracasso, Philippe Perrenoud, 230 págs., Ed. Artmed, 48 reais
Pensando e Fazendo Educação de Qualidade, Maria Teresa Eglér Mantoan e outros, 128 págs., Ed. Moderna, tel. (11) 2790-1300, 38,50 reais
Preparando o Caminho da Inclusão: Dissolvendo Mitos e Preconceitos em Relação à Pessoa com Síndrome de Down, Suad Nader Saad, 304 págs., Ed. Vetor, tel. (11) 3146-0333, 37 reais

Anúncios