Miss Universo tamanho 48, Ser diferente é fashion, Mariana Silva

Como pinup Hilda Foto - Bia Pires doisJá ouviram falar que mulheres perfeitas devem ter 90 centímetros de busto, 60 de cintura e 90 de quadril? Eu já escutei bastante essa afirmação, mas hoje trouxe provas de que não é preciso vestir 38 para se considerar bonita, sexy e elegante.

A brasileira Renata Cassela, 34 anos, este ano foi eleita Miss Universo Plus Size. O concurso, todo realizado pela internet, mostrou ao mundo belezas cheinhas que ficam em pé de igualdade com qualquer outra mulher magérrima desse mundo.

Em entrevista exibida este domingo no Fantástico, Renata contou que sempre quis ser miss, “mas fui deixando o sonho de lado quando ganhei alguns quilinhos extras”. Depois, incentivada pelos amigos, resolveu se inscrever no concurso e produzir fotos para as seletivas internacionais.

“Acho que ganhei com as fotos do Cisne Negro”, contou na entrevista. Além de se produzir como a famosa personagem do espetáculo de ballet, a modelo também se vestiu de pin-up, que eram garotas ousadas da década de 1950 e índia, representando a cultura brasileira.

Como pinup Hilda Foto - Bia Pires doisApesar do manequim 48, a Miss Universo Plus Size tem uma rotina de exercícios e segue a dieta cuidadosamente, “para manter a saúde não posso emagrecer e não posso engodar, por isso minha nutricionista recomendou refeições leves de três em três horas”.

Renata Cassela foi coroada Miss Universo na França em maio desse ano. Adorei saber desse concurso, e vocês?  É fantástico conhecer mulheres que se sentem bem dentro de seus corpos. As garotas que acham que até suas cutículas são feias me dão um pouco de medo. Não é saudável ser assim.

Só podemos descobrir nossa beleza quando encontramos o melhor de nós mesmos. Renata acredita que é hora de se gostar e se mexer. Ao fim da entrevista dada ao Fantástico, ela até deu um conselho: “vamos sair do sofá, arrasar! A gente está aqui para ser feliz!”

É ou não é inspirador?

 

*Mariana Silva (Idealizadora do Blog http://naoesobremoda.wordpress.com, é colaboradora de http://www.tudobemserdiferente.com. Jornalista, 24 anos, nascida em Belo Horizonte, Minas Gerais. Para ela, moda é uma futilidade necessária e um fenômeno sociológico interessantíssimo; “o legal é quando fazemos a moda trabalhar a nosso favor, ficar dependente dela não faz bem”). Tem displasia Óssea, síndrome que afeta o crescimento e a resistência dos ossos de todo o corpo. Escreve Ser diferente é fashion para http://www.tudobemserdiferente.com toda quinta-feira. 

 

Anúncios