Escola inclusiva faz treinamento com professores e pais de alunos

Escola municipal Hildemar Maia é a 1ª escola adaptada do estado.

Doze alunos da escola têm necessidades especiais. 

Professores recebendo capacitação na escola Hildemar Maia (Foto: Graziela Miranda/G1)Professores recebendo treinamento na escola Hildemar Maia (Foto: Graziela Miranda/G1)

Professores e pais de alunos da escola municipal Hildemar Maia, localizada no bairro Trem, em Macapá, passam por um treinamento para aprender como utilizar os novos espaços da escola. A Hildemar Maia é a primeira escola do estado a ser adaptada para trabalhar com educação inclusiva. O treinamento, que começou na terça-feira (13), vai acontecer durante todo o segundo semestre de 2013.

A escola tem 400 alunos, deste total 12 apresentam algum tipo de necessidade especial. A professora Cátia do Carmo, que tem um filho com necessidade auditiva, que estuda na escola Hildemar Maia, acredita que esse processo seja benéfico para todos. “O meu filho tem necessidade auditiva. A dificuldade que tivemos até hoje foi muito grande. Com a capacitação, toda a comunidade escolar só tem a ganhar”, comemora.

De acordo com Joseane Salheb, chefe da Divisão de Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação (Semed), o grupo recebe instruções de professores da Universidade Federal do Amapá (Unifap) e de profissionais de outros estados sobre diversos temas como psicomotricidade, coordenação motora, desenvolvimento da parte recreativa, adaptação curricular e contação de história.

Para a Marlene Trajano, que faz parte do corpo docente da escola a capacitação é essencial  para o trabalho de todos os profissionais que atuam na escola. “Trabalhar a inclusão é um conhecimento que não se esgota. A gente tem que aprender porque a cada dia encontramos alunos com necessidades específicas e diferenciadas”, declara.

Anúncios