Após implante no cérebro, menino de dois anos fala pela primeira vez

Finn foi diagnosticado com transtorno do espectro da neuropatia auditiva

Pais precisam arrecadar mais dinheiro para dar continuidade a terapiaReprodução/Daily Mail

Por causa de uma doença rara, o pequeno Finn Johnson, de apenas dois anos, nasceu surdo. Mas, após passar por uma cirurgia no cérebro, o menino conseguiu ouvir e falar pela primeira vez. As informações são do site Daily Mail.

Em janeiro de 2011, o menino nasceu com problemas de audição, deixando-o surdo. Exames neurológicos revelaram que ele sofria de transtorno do espectro da neuropatia auditiva — uma doença em que os nervos do ouvido não estão sincronizados com o cérebro, de modo a distorcer e, até mesmo, ausentar o som.

Para resolver o problema do filho, os pais Nathalie e Nathan encontraram uma clínica na Itália capaz de realizar uma cirurgia de cérebro-tronco auditivo. Graças à generosidade das pessoas, a família conseguiu arrecadar dinheiro para pagar o tratamento de Finn.

— Toda a família se sente grata pela ajuda.

Gêmeos surdos pedem para morrer após saberem que ficariam cegos

Durante o procedimento, a equipe médica implantou uma haste com a finalidade de o cérebro reconhecer e processar o som.

Um mês após a operação, o menino foi capaz de ouvir a voz dos pais, pela primeira vez, e também dizer sua primeira palavra: “mãe”.  Natalie afirma que a recuperação do filho está muito bem.

— Nós filmamos o momento em que ele disse a primeira palavra. Foi maravilhoso.

Apesar de a cirurgia ter sido um sucesso, a família ainda precisa arrecadar mais fundos para dar continuidade à terapia de Finn.

Anúncios