Em busca da independência… Atividades de Vida Permanente – AVP: Sobre Rodas, por Ricardo Albino

Planos para o futuro?

Comecei o jogo mais importante do meu campeonato particular com a vida e comigo. Fui conhecer a equipe, as regras do jogo e saber se seria escalado no time. Confesso que cheguei um tanto preocupado porque minha companheira de ataque não estaria presente ao primeiro encontro do grupo de Atividades de Vida Permanente – AVP.

Como anda acontecendo, ultimamente, toda vez que fico ansioso o meu estomago dói ou bate uma crise de tosse. Outro fato engraçado é que eu falo muito ou então fico só olhando e ouvindo, mais mudo que estátua viva. Precisava me apresentar, conquistar aquele espaço tão desejado que, finalmente, batia na minha porta.

No primeiro momento, a equipe explicou como funciona o treinamento e cada um falava os motivos que nos levou até ali. Fiquei contente ao saber que dessa vez passei o posto de mais experiente da turma. Chamou minha atenção o fato dos novos colegas e eu termos aquilo que classifiquei como algumas sequelas positivas da paralisia cerebral. Somos comunicativos e gostamos muito de música e cada, com seus objetivos, sabe e sente que pode voar, mostrar ao mundo nossa alma de passarinho.

Falei tanto que quando contei minha profissão disseram dando risada: “Agora sabemos por que parece que você engoliu um papagaio”. Foi uma risaiada. Quando partimos para um particular e perguntaram meus planos para o futuro, respondi: prefiro não planejar. Vou fazer de cada semana mais um passo. O objetivo é melhorar minha independência o máximo possível para ajudar e facilitar a mim e também aqueles que convivem comigo. Se vai dar certo, o futuro dirá. A única certeza é que nosso presente promete ser proveitoso, gostoso, curioso e engraçado de ver e viver.

Ricardo Albino, jornalista, Coluna Sobre Rodas / Tudo Bem Ser Diferente

ricjornalista@hotmail.com / http:// HYPERLINK “http://ricardo-albino.blogspot.com.br/”ricardo HYPERLINK “http://ricardo-albino.blogspot.com.br/”-albino.blogspot.com.br

As opiniões aqui publicadas são de responsabilidade do colunista.

 

Anúncios