Grupo de ciclistas atende crianças com necessidades especiais

Fonte Correio Braziliense

Grupo de ciclistas atende crianças portadoras de necessidades especiaisNo entanto, os integrantes do projeto reclamam dos problemas que enfrentam durante as pedaladas pela cidade

TV Brasília

No Distrito Federal, pedestres, motoristas e ciclistas ainda não conseguem andar juntos nas ruas. Carros não respeitam locais de travessia e atrapalham quem se locomove de bicicleta.

O Giro Capital é um dos muitos grupos que pedalam pelas ruas do DF durante a semana. O que o diferencia dos demais é que ele é um projeto voltado para atender crianças portadoras de necessidades especiais. Durante as pedaladas, os integrantes iniciam o trajeto na Apae, na 712/912 Norte, e seguem pelas vias da cidades.

 

Porém, o coordenador do projeto, Victor Lawson, se queixa da falta de sinalização, de acessos e de ter que seguir com o grupo em meio aos carros em determinados pontos.

O projeto Giro Capital não conta com ajuda do governo e busca patrocinadores e doações para continuar funcionando. “Por falta de patrocínio nós não conseguimos atender outras instituições”, explica Victor. Cada bicicleta usada pelos alunos custa aproximadamente R$ 1 mil.

Para ajudar o projeto, é só entrar em contato pelo telefone 8599-8469.

A Secretaria da Casa Civil, responsável pelas obras das ciclovias do DF, garantiu que vai avaliar os problemas apontados pelo grupo e irá formular uma resposta.

Confira a reportagem em video. 

Anúncios