Escola para crianças especiais em Jaboatão está repleta de lixo e piscinas sujas

Fonte TV Jornal

Uma centro educacional para alunos especiais está abandonada no bairro de Vila Rica, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. A escola, que tem 80 estudantes, está cheia de lixo e mato alto. As piscinas, que serviriam para ajudar na recuperação motora das crianças, não funcionam há um ano e só acumulam água suja. A grade que fica no muro está quase caindo.

Segundo as mães, o entulho que estava dentro do colégio foi retirado pelos funcionários. A quadra está repleta de buracos, e os alambrados estão caídos sobre o telhado de uma escola vizinha. Para piorar, uma das mães diz que a Prefeitura diminuiu o quadro de profissionais que trabalha na instituição. O problema do mato crescido e da água suja das piscinas também afeta as casas vizinhas. Os mosquitos se proliferam e acabam picando os moradores.

A Secretaria de Obras e Serviços Urbanos informou que uma programação especial prevê serviços de capinação em escolas e postos de saúde do município para setembro. Já os outros problemas de infraestrutura devem ser resolvidos até o dia 20 deste mês com a manutenção das piscinas e o conserto do muro.

O secretário de Educação de Jaboatão, Francisco Amorim, esteve no TV Jornal Mais da quinta (5) e prometeu que, até o fim de dezembro, 60 das 115 escolas do município passarão por manutenção.

Anúncios