Tudo Bem Ser Diferente em matéria no Portal CeMais

Uma discussão proposta aqui no blog Tudo Bem Ser Diferente sobre a dificuldade para matricular alunos com necessidades educacionais diferenciadas em escolas regulares inspirou uma matéria do Portal CeMais. 

Confira aqui a reportagem do CeMais! 

Dificuldade na matrícula para alunos com deficiência põe em xeque fim das Apaes

inclusao

A proposta de mudanças no Plano Nacional da Educação (PNE) causa polêmica e discussões pelo país. O projeto de autoria do Ministério da Educação propõe o fim das escolas especiais e a inclusão de alunos com deficiência no ensino regular. O texto já motivou protestos em várias instituições.

A editora do blog Tudo Bem Ser Diferente, Sônia Pessoa, aponta para a dificuldade enfrentada para matricular crianças com deficiência em escolas regulares. “A última vez que saí para procurar escola, há dois anos, fui muito mal recebida em uma escola dita inclusiva”, relata a jornalista, que tem um filho com hidrocefalia.

Em uma de suas publicações acerca da chamada inclusão radical, a jornalista afirma que sempre é usado mesmo discurso, colocando a qualidade da educação como justificativa do procedimento. “Muitos deles já têm obstáculos por demais para garantir a vida e a qualidade de vida; a educação não pode ser colocar nessa guerra, ainda que seja item de necessidade básica”, conclui.

Sônia ainda lembra que os próprios alunos com deficiência têm receio de serem forçados a estudar em instituições de ensino regular. “Uma das garotas adolescentes comentou que tem receio de ir para uma escola onde todos vão olhar para ela. Aquele olhar que ela bem deve conhecer”.

De acordo com Censo Escolar, em 2012 havia 820,4 mil alunos na educação especial em todo o país. Só as instituições conveniadas que atendem estudantes do ensino especial receberam, no ano passado, repasse de R$ 841,9 milhões do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação).

Anúncios