Menino vítima de bullying tem ouvido, rosto e peito furados com lápis pelos colegas

Um menino de 9 anos, vítima de bullying na escola, teve o ouvido, o rosto e peito furados com lápis por alguns colegas de sala. As agressões aconteceram na Escola Municipal José Calazans, no bairro São Marcos, região Nordeste de Belo Horizonte, nessa segunda-feira. A mãe do menino tomou conhecimentos dos fatos por meio da pessoa que faz o transporte escolar da criança. “Ela me disse que ele estava sofrendo bullying e que era o segundo dia que ele estava chorando na porta da escola”, disse. “Enfiaram o lápis na orelha dele, furaram o rosto, furaram o peito dele”, contou. 

De acordo com a mãe, o problema começou com agressões verbais. “Antes eles estavam só com apelido. Chamam ele de baleia,  de Mucilon só pelo fato de ele ser gordinho”, lamentou a mãe.

Após saber dos fatos, ela e o filho procuraram imediatamente a escola e foram atendidos pela supervisora, que anotou os nomes do alunos envolvidos e prometeu providências.

Em nota, a Secretaria Municipal de Educação informou que foi realizada uma reunião da coordenação da escola com os pais dos alunos envolvidos. A Secretaria informou ainda que a agressão aconteceu em um momento em que os alunos estavam sozinhos na sala, e que o garoto não reclamou sobre a situação com a professora.

Fonte: Rádio Itatiaia

Anúncios