USP Bauru seleciona pessoas com Síndrome de Down para tratamento

Objetivo é avaliar e tratar doenças na gengiva de pacientes.

Interessados em participar devem ter mais de 15 anos.

O ex-jogador de futebol e comentarista esportivo Lúcio Surubim também trabalha como dentista. (Foto: Luna Markman / G1)
Objetivo é avaliar e tratar doenças na gengiva de
pacientes (Foto: Luna Markman / G1)

Com o objetivo de avaliar e tratar as doenças na gengiva de pacientes com Síndrome de Down, um pesquisador da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (FOB-USP) está selecionando pacientes com este perfil, em Bauru (SP).

Para que seja atendido, o paciente deve ter diagnóstico de Síndrome de Down e idade superior a 15 anos.

Será realizado o tratamento de limpeza e raspagem (cárie, cálculos, “cacos” de dentes), para que em seguida o paciente possa entrar em um programa de manutenção periodontal.

A pesquisa está sob a orientação da professora Carla Andreotti Damante, da disciplina de periodontia da FOB e colaboração da dentista Vivian Biella Passos. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (14) 3235 8278 ou 3235 8366.

Anúncios