Crianças especiais ganham brinquedos adaptados em Petrópolis

Atrativos estão instalados no Parque Municipal em Itaipava.

Iniciativa deve chegar a outros espaços.

Brinquedos adaptados em Petrópolis (Foto: Gilda Beatriz)
Os brinquedos estão no Parque Municipal em
Itaipava(Foto: Gilda Beatriz)

Brincar no parque pode parecer uma simples ação para a garotada. Com certeza não tanto para as crianças com deficiência física, que acabam sendo excluídas da diversão. Essa realidade, no entanto, começa a mudar emPetrópolis, Região Serrana do Rio, com a instalação de brinquedos adaptados para esse público. Os atrativos – um carrossel e um balanço – estão no Parque Municipal em Itaipava e serão oficialmente inaugurados no próximo domingo (6) às 9h.

A iniciativa já era um desejo antigo da vereadora Gilda Beatriz – que fez a indicação do projeto junto com o vereador Anderson Juliano. Defender a inclusão desse público é uma batalha permanente da vereadora – que também é psicóloga especializada em Educação Inclusiva/Especial – e mãe de uma criança com Síndrome de Down. Há 13 anos, ela fundou uma ONG, o projeto Eficientes, que promove a importância de proporcionar uma melhor qualidade de vida para as pessoas com múltiplas deficiências.

Com os brinquedos, as crianças especiais terão a oportunidade não apenas de se divertir, mas também interagir com todas as crianças. “Elas precisavam. Parece uma coisa pequena para o poder público, mas para as famílias de um cadeirante é uma atitude muito grande”, destacou Gilda.

Os brinquedos, segundo o presidente da Companhia de Desenvolvimento de Petrópolis (Comdep), Hélio Dias, foram instalados há cerca de 10 dias e custaram mais de R$ 10 mil. Para Hélio, esse projeto é  um investimento barato para o que pode proporcionar à garotada. “É um pequeno gasto para o que se propõe, que é mais do que a diversão dessas crianças, a interação com as outras que não tem alguma deficiência. E o que achamos interessante é que podem brincar os cadeirantes junto com as outras crianças”, observou.

Ainda de acordo com o presidente da Comdep, a pretensão é colocar mais brinquedos adaptados em outros espaços do município. “Na medida em que formos reformando as praças da cidade, a ideia é planejar quais podem receber e tentar implantar os brinquedos adaptados”, revelou.

Para a vereadora, essa conquista é mais uma vitória de quem luta por melhorias para os deficientes. “Isso representa muito. Faz toda a diferença para quem tem um filho que antes não tinha acesso a esse lazer e agora vai poder brincar, rir. Isso não tem preço”.

Anúncios