Projeto em Contagem cuida de 62 pessoas com paralisia cerebral

Oitenta e seis funcionários se revezam no Projeto Assistencial Novo Céu.

Instituição recebe ajuda de voluntários e doações da comunidade.

O Projeto Assistencial Novo Céu cuida de 62 pessoas com paralisia cerebral em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Muitos dos que moram no local são crianças e precisam de muito carinho e atenção. O projeto acolhe adultos, adolescentes e crianças.

Na casa, os internos fazem hidroterapia, fisioterapia e recebem atendimento psicológico. As roupas são lavadas no instituto e cinco refeições são servidas. São mais de 70 litros de sopa toda a semana.

Oitenta e seis funcionários se revezam 24 horas para atender os internos. Em uma ala, as crianças só se alimentam por sondas e algumas só respiram com a ajuda de aparelhos. O projeto consegue se manter por meio da ajuda de voluntários e doações da comunidade. Cada interno tem uma despesa média de R$ 2 mil por mês. Os gastos com 62 pessoas chegam a R$ 1,4 milhão por ano.

A entidade precisa muito de doação de fraldas, mas quem quiser também pode contribuir com dinheiro e alimentos. Três vezes por semana é realizado um bazar para vender móveis, eletrodomésticos e tudo mais que é doado.

Quem quiser ajudar o Projeto Assistencial Novo Céu deve ligar para 3368.6860 ou entrar nosite da instituição.

Anúncios