Ser diferente é fashion, por Mariana Silva

O diário das tinturas para cabelo

Olá pessoal, tudo bem? Hoje tenho uma novidade para vocês: cortei o cabelo e pintei de vermelho. Segundo dizem os entendidos em cor, o vermelho quer dizer força, vitalidade e paixão. No meu caso, mudei porque acho super fashion um vermelho bem colocado. Confesso que nem pensei na cromoterapia enquanto a tinta cumpria seu papel na minha cabeça.

FOTO UM

Mas não é a primeira vez que mudo a cor dos meus cabelos. Tão pouco é a primeira vez que uso vermelho. Quando meus fios viram um tubo de tinta pela primeira vez na vida, eu ainda estava no colégio. Descolori algumas mexas e, na época, achei que ficou interessante. Depois de um tempo, enjoada, pintei as pontas de vermelho sangue, para ser vista logo que chegasse aos lugares.

FOTO DOIS

Passou mais um tempo, pintei tudo de vermelho. Depois, cansada de ser “ruiva de farmácia”, já que fiquei uns três anos com a cor, pintei de preto e resolvi deixar ao natural. Não aguentei por muito tempo, confesso. Logo logo fiz umas mexas cor chocolate, parar dar uma iluminada. A próxima transformação foi colocar na cabeça um castanho arroxeado, tom bonito mesmo. Mas o coração sempre bateu mais forte pelo vermelho, tanto que reatamos.

FOTO TRES

Relembrando com vocês minha trajetória nos salões de beleza da vida, penso que foi interessante me permitir mudar tanto. É só trocando; de cabelo, de roupa, de batom, ou de opinião, que somos capazes de construir uma personalidade forte. Então, não se prive de mudar. Faça tudo que quer fazer. Nunca, em hipótese alguma, se milite. Viva, enfim!

 

*Mariana Silva (Idealizadora do Blog http://naoesobremoda.wordpress.com, é colaboradora de http://www.tudobemserdiferente.com. Jornalista, 24 anos, nascida em Belo Horizonte, Minas Gerais. Para ela, moda é uma futilidade necessária e um fenômeno sociológico interessantíssimo; “o legal é quando fazemos a moda trabalhar a nosso favor, ficar dependente dela não faz bem”). Tem displasia Óssea, síndrome que afeta o crescimento e a resistência dos ossos de todo o corpo. Escreve Ser diferente é fashion para http://www.tudobemserdiferente.com toda quinta-feira. As opiniões aqui publicadas são de responsabilidade da colunista.

Anúncios