Pai do ano cria uma prótese de mão para seu filho com uma impressora 3D

Crianças são demais. E pais que amam seus filhos tornam tudo ainda melhor. Leon é um garoto que nasceu sem dedos em uma das suas mãos. Em vez de fazer com que ele pensasse que é diferente, seu pai, Paul McCarthy, fez ele acreditar que é especial. McCarthy criou uma prótese de mão com uma impressora 3D para seu filho ficar empolgado como se fosse um ciborgue. E é isso que Leon, de 12 anos, é.

A matéria – em inglês – foi veiculada no CBS Evening News, nos Estados Unidos, e mostra a história de como McCarthy usou instruções e designs do inventor Ivan Owen para criar uma prótese de mão para seu filho. A mão impressa em 3D custou apenas US$ 5, enquanto próteses tradicionais podem chegar a US$ 30.000. E o melhor: conforme Leon cresce, a mão pode ser aumentada e reimpressa.

Veja o vídeo…

A mão funciona a partir de movimentos feitos no pulso de Leon. Ele levanta ou abaixo o pulso para a sua mão mecânica abrir ou fechar – isso permite que ele segure objetos, e até mesmo andar de bicicleta.

A entrevista com Leon é a melhor parte do vídeo. Seu anseio pela vida está lá, assim como em qualquer outro. Quando seu pai chegou com a ideia de imprimir a mão, ele achou “loucura”. Mas, quando a mão estava pronta, ele mudou de ideia. Agora ele consegue segurar até uma caneta para fazer desenhos com a sua prótese de mão.

“Fazer seus filhos felizes é a maior recompensa que você pode ter como um pai, não é?”, conta McCarthy. Para Leon, é muito mais do que ser feliz: ele acha fantástico ser um ciborgue.

Anúncios