Liberdade barrada!! Tina Descolada, por Marta Alencar

Sabem o que mais me incomoda na minha condição de cadeirante?

É não poder exercer o meu direito de ir e vir e ter minha liberdade de escolhas tolhida por impedimento do ambiente que, com maior frequência do que deveria, não está planejado de acordo com nossas limitações.
De acordo com a ONU, a deficiência tem estreita relação com o ambiente e dispõe do seguinte item: “Reconhecendo que a deficiência é um conceito em evolução e que resulta da interação entre as pessoas com deficiência e as barreiras devidas às atitudes e ao ambiente que impedem a plena e efetiva participação dessas pessoas na sociedade em igualdade de oportunidade com as demais pessoas…”
É verdade, eu me sinto muito mais limitada e, às vezes, me vejo totalmente impotente frente a uma escada. Quando circulo pelas ruas e não tem espaço livre e acessível para que eu possa transitar, vejo-me sem saída. Se me desloco para a pista, corro o risco de ser atropelada por um ônibus.

Martaalencar-4
Nossa autonomia pode aumentar ou diminuir de acordo com o favorecimento do ambiente físico ou social que nos é proporcionado. Vamos mudar o mundo??! Todos somos responsáveis por um mundo melhor.

Como bem disse Alice, que mora em um mundo imaginário: “Não é que eu goste de complicar as coisas, elas é que gostam de ser complicadas comigo” (Alice no País das Maravilhas)

* Por Marta Alencar, psicóloga clinica, fotografa e empreendedora social http://www.altaestima.org – Iedealizou a personagem Tina descolada – http://www.tinadescolada.com

Assina a coluna: Tina descolada – agente de inclusão, publicada as terças feiras em

http://www.tudobemserdiferente.com

** As opiniões aqui publicadas são de responsabilidade da colunista.

Anúncios