Ser diferente é fashion, por Mariana Silva

Estou de volta, minha gente!Foto-Ser Diferente é Fashion-Eu Voltei-27022014

Oi pessoal, como é bom voltar! Tirar férias é legal porque nos renova, coloca as coisas no lugar e tira a poeira de outras que ficam esquecidas durante o ano todo, aguardando o tempo do descanso, não é mesmo? Mas, retornar aos trabalhos que nos acrescentam e fazem um bem danado também é um momento de bastante alegria.

Nessa primeira coluna Ser Diferente é Fashion de 2014, queria fazer um balanço sobre as coisas que conversamos no ano passado. Descobrimos juntos tantas histórias lindas, de pessoas diferentes que fizeram da moda sua aliada na construção diária do amor próprio. Admito que a caminhada é cansativa em muitas oportunidades, mas tão gratificante no fim das contas!

Entendemos que a moda cria padrões que só servem mesmo para serem quebrados, já que produzem milhares de pessoas igualmente triste e monótonas. Percebemos juntos que, conhecendo nossas diferenças e predicados podemos brincar com a moda do nosso jeito, autêntico e único.

Então, posso dizer que 2013 foi espetacular por aqui. Estou certa de que esse ano muitas histórias vão desfilar pela passarela do Tudo Bem Ser Diferente, podem crer. Vou adorar continuar nossos papos, estão comigo? Ahhh, viram a novidade: agora estou mais ruiva do que nunca. Curtiram? Eu amei o resultado!

 

*Mariana Silva (Idealizadora do Blog http://naoesobremoda.wordpress.com, é colaboradora de http://www.tudobemserdiferente.com. Jornalista, 24 anos, nascida em Belo Horizonte, Minas Gerais. Para ela, moda é uma futilidade necessária e um fenômeno sociológico interessantíssimo; “o legal é quando fazemos a moda trabalhar a nosso favor, ficar dependente dela não faz bem”). Tem displasia Óssea, síndrome que afeta o crescimento e a resistência dos ossos de todo o corpo. Escreve Ser diferente é fashion para http://www.tudobemserdiferente.com toda quinta-feira. As opiniões aqui publicadas são de responsabilidade da colunista.

 

Anúncios