Tina Descolada – “Volta Tina!”, por Marta Alencar

Tina Descolada – “Volta Tina!”

10154609_659593467440970_1102850467_nApesar da comoção, compartilhamentos, pedidos, orações e da campanha “Volta Tina” feita por: admiradores,  seguidores, conhecidos  e até então desconhecidos a Tina continua, como bem disse “sua prima” Carol, em poder de mãos inimigas:

 

“Nossa Tina Descolada, tão acostumada a conquistar espaço através de mãos amigas, foi raptada por mãos impiedosas”.

 

Aqui seguem algumas razões pelas quais a Tina vai voltar:

 

Não se trata de uma perda material, visto que uma boneca qualquer pode ser reposta. Pra gente, é como se fosse a perda de alguém muito querido, que está realmente em apuros. A Tina hoje tem um papel importante na sociedade. Está alcançando uma ótima visibilidade na mídia, além de ter alcançado um espaço especial no coração de muita gente”.(Ana Carolina Alencar)

 

“Não é uma simples boneca. É nosso símbolo de inclusão, respeito e atenção a pessoas com deficiência”.(Marina Brandão)

10153021_686228858083135_1178688977_n

“Quem conhece a Tina sabe da importância que ela tem para nós e principalmente para as crianças da AMR, que, através de uma personagem, as crianças se espelham e aprendem que “tudo bem ser diferente” esse era um dos seus lemas.” (Adriane Cruz)

 

“A Tina jamais será levada , ela já faz parte do nosso universo.” (Marco Antonio Ramos)

 

“…um trabalho maravilhoso, mostrando de uma forma mais suave as situações cotidianas podem ser vividas por todos os seres incluindo os cadeirantes e qualquer pessoas com mobilidade reduzida e ela esta de férias em Alagoas, São Miguel dos Milagres e foi roubada na praia de Maragogi, levaram a nossa Tina Descolada, para quem pegou valor nenhum, mas quem tem sido ajudado a vencer seus preconceitos e medos com a ajuda desta bonequinha, não tem preço…” (Laise Santos)

 

“Tina não é descolada apenas no seu nome, ela tinha uma vida social importante, tinha uma rica e crítica mensagem à inclusão e acessibilidade em nosso país”. (Izabele Soeiro)

 

 

“Se a Tina é um símbolo, o símbolo continua vivo e atuante! Marta my dear, sempre recomeçar sempre….vc.sabe disso”  (Cynara Bruno)

 

No reino da realidade a Tina descolada continua em apuros, mas no reino do imaginário a Tina volta.

Para efetivar o seu retorno, algumas crianças foram convidadas a serem as ajudantes no resgate.

Aguardem em breve algumas histórias contadas/elaboradas por elas.

1012893_686228824749805_1757055699_n

* Por Marta Alencar, psicóloga clinica, fotografa e empreendedora social –

www.altaestima.org – Iedealizou a personagem Tina descolada – www.tinadescolada.com Assina a coluna: Tina descolada – agente de inclusão, publicada as terças feiras em http://www.tudobemserdiferente.com

** As opiniões aqui publicadas são de responsabilidade da colunista.

 

 

Anúncios