Mamãe Down Up: O sorriso mais sincero e encantador, por Ana Flávia Jacques

Cherry1

Foto de Theo Diniz, o Tio Bagunça preferido da Cerejinha ♥

A cada dia que passa ficam mais e mais distantes aqueles pensamentos não tão bons, muitas vezes “plantados” pelos próprios profissionais da saúde. Ainda bem! Imagina viver sem um sorriso destes? Imagina não sentir esse perfume todas as manhãs? Imagina não olhar no fundo destes olhinhos puxados e ser retribuída instantaneamente?
“Você pode ter outros filhos, garota!”. “Você é tão nova!”. Em homenagem à “doutora” que queria de todas as formas fazer com que eu desistisse, a ela e a todos que de alguma forma acreditam que uma vida não vale pena, que é melhor desistir de um filho apenas porque ele não se encaixa no seu modelo idealizado. A estes, mas acima de tudo a quem sabe respeitar as diferenças e acredita na inclusão, acredita que as pessoas com Síndrome de Down não são de outro planeta, são pessoas como todas as outras. Que entende que respeito é diferente de pena e que aceitação é diferente de conformismo.
A todos vocês: o sorriso mais sincero e encantador que eu já vi em toda a minha vida!
Tenho um orgulho imenso de ser a Mamãe-Cereja, a Mamãe Down Up!
Anúncios