Inscrição até 22.07 para estágio em programa de inclusão em SP

Educação Seleciona Alunos Para Estágio em

Programa de Inclusão

Inscrição para atuar no Acessa Escola vai até o dia 22; prova será em agosto

PODEM concorrer às vagas alunos da rede matriculados na 1ª e 2ª séries do ensino médioPODEM concorrer às vagas alunos da rede matriculados na 1ª e 2ª séries do ensino médio

A partir do dia 14 de julho, a Secretaria de Educação do Estado recebe as inscrições para o processo seletivo de estágio do programa Acessa Escola. Podem concorrer às vagas alunos da rede estadual matriculados na 1ª e 2ª série do Ensino Médio. O cadastro pode ser feito no site da Secretaria no espaço “estágios na Educação” até o dia 22 de julho. Para fazer a inscrição é preciso ter CPF próprio.A prova está marcada para 17 de agosto. O processo seletivo atenderá a demanda existente e também formará um cadastro reserva de candidatos. Desde 2009, mais 40 mil estudantes tiveram a chance de conquistar o primeiro emprego trabalhando na própria unidade de ensino. 
De acordo com informações da Educação, os novos selecionados cumprirão carga horária de estágio de 4 horas, de segunda-feira, nos períodos da manhã, tarde ou noite. “Entre as atribuições estão a de orientar o uso dos equipamentos e dos recursos disponíveis, cadastro de novos usuários e relatório das atividades desenvolvimentos. Todos recebem ainda bolsa auxílio de R$ 500 (incluindo transporte) e têm direito a férias de 30 dias”, informa a assessoria de imprensa da Educação. 
“Os alunos estagiários têm a oportunidade de ter o primeiro contato com o mundo do trabalho. Além disso, eles recebem cursos voltados à tecnologia e são incentivados a produzir conteúdo próprio, como blogs e páginas virtuais. Hoje estão em atividade na Rede de Projetos 391 iniciativas criadas pelos próprios monitores”, afirma o secretário da Educação, Herman Voorwald.
 
PROGRAMA DE INCLUSÃO
O Acessa Escola foi criado em 2008, e atualmente está em mais de 4 mil escolas estaduais de todas as 91 Diretorias de Ensino. O programa, pioneiro de inclusão digital, oferece aos alunos e comunidade escolar acesso gratuito à internet. O espaço é ainda local de pesquisa e pode ser utilizado para os cursos da Escola Virtual de Programas Educacionais (EVESP).
Por: Karla Sibro 
Anúncios