Moda inclusiva em Tokyo, Ser diferente é fashion, por Mariana Silva

Tokyo Haha doisDepois de comentar sobre iniciativas inclusivas nas semanas de moda de Londres e Nova York, mais novidades: vi moda inclusiva também nas passarelas nipônicas, minha gente! É que, durante a última edição do Mercedes Benz Fashion Week, a semana de moda de Tokyo, a marca local HaHa colocou na passarela cadeirantes usando seus modelos conceituais e modernos.

Além dos cadeirantes, a passarela também cedeu espaço para looks desenvolvidos para mulheres grávidas e roupas desfiladas por idosos. Um verdadeiro show de diversidade e respeito. E as apostas, apesar de mais conceituais, carregaram o minucioso trabalho de quimonos e alfaiatarias totalmente característicos dos trabalhos de estilistas nipônicos, como é costumeiro nos trabalhos de Rei Kawakubo, responsável pela Comme des Garçons.

O legal do minimalismo japonês é que ele permite adaptações interessante para as pessoas que precisam. De tão legais, chegam a ser orgânicas, não interferindo em nada a modelagem da roupa, um show. Trouxe para vocês os dois modelitos desfilados. Depois me digam o que acharam. Um grande beijo e até semana que vem!

Tokyo HaHa

*Mariana Silva (Idealizadora do Blog http://naoesobremoda.wordpress.com, é colaboradora de www.tudobemserdiferente.com. Jornalista, 25 anos, nascida em Belo Horizonte, Minas Gerais. Para ela, moda é uma futilidade necessária e um fenômeno sociológico interessantíssimo; “o legal é quando fazemos a moda trabalhar a nosso favor, ficar dependente dela não faz bem”). Tem displasia Óssea, síndrome que afeta o crescimento e a resistência dos ossos de todo o corpo. Escreve Ser diferente é fashion para www.tudobemserdiferente.com toda quinta-feira.

Anúncios