RE-ENCONTRO

*Ricardo Albino

Nos meses de outubro e novembro de 2017, tive o prazer de fazer parte do grupo “Vai Mundo” que organizou uma programação variada para debater e divertir sobre acessibilidade, diversidade e inclusão dentro do Museomix no Circuito Liberdade. Contar histórias na Biblioteca Pública de Minas em parceria com a minha amiga Marta Alencar e nossa querida Tina Descolada foi muito importante. Porém, mais que estar participando com a nossa página Ricontar, dentre as atrações, a abertura teve para mim uma emoção diferente.

Era uma tarde de quinta e fui conhecer a Academia Mineira de Letras. O coração já saiu de casa acelerado. O motivo? Um reencontro. Na mesa do workshop estavam as jornalistas da Rede Minas Mariana Silva e Andreza Brito. Mari conheci aqui no blog e tive a honra de dividir um texto com ela. O competente trabalho de Andreza sempre chamou minha atenção e estava feliz por finalmente conhecer as duas pessoalmente.

Do lado delas estava o abraço mais esperado por mim. Desde os tempos de faculdade era a hora de rever a Sônia Pessoa. Ela foi minha professora e deixou guardada em mim a esperança e a força de que, por mais demorado fosse o tempo, vale a pena acreditar nos sonhos. Naquele momento, muito além de ouvir e aprender com as experiências pessoais e inclusivas de cada uma, queria dizer a ela da imensa gratidão por confiar na minha capacidade profissional e principalmente, por me doar a amizade que fortalece por tantos anos a vontade de continuar lutando e seguindo nossa história pelas estradas da inclusão.

As opiniões aqui publicadas são de responsabilidade do colunista.

FotoRicardo Albino, jornalista, Coluna Sobre Rodas

Fotos de arquivo pessoal