Belo Horizonte tem espaço adaptado para crianças com deficiência brincarem

Quantas vezes seu filho pôde ir a rua de lazer e brincar sem nenhuma restrição nos brinquedos que estão lá disponíveis? Quantas vezes você levou o seu filho a um parque de diversões e ele não pôde se divertir? Pois é, Belo Horizonte é uma cidade cheia de barreiras para pessoas com deficiência terem acesso ao lazer. É nesse contexto, de uma cidade capacitista, isto é, que tem preconceito contra às pessoas com deficiência, que o projeto do Guilherme Sette Câmara e da Andreia Rates é uma bela oportunidade para toda a população de pessoas com deficiência. Quer brincar? ligue para 996695002 e fique sabendo mais detalhes desse projeto.

Para ver a alegria da criançada, e dos marmanjos também,  nas brincadeiras clique na imagem abaixo e veja a reportagem do #façaparte.

 

joão na esporte terapia 2

#paratodosverem: uma criança sentada na cadeira de rodas empurra uma enorme bola. Ele está sendo guiado por uma monitora do projeto.

 

*essa matéria faz parte de um pacote de trocas realizada entre a Esporte Terapia e o Blogue.