Esporteterapia: você conhece? Confira o artigo de Guilherme Sette, da Associação Mineira de Reabilitação (AMR), especial para Tudo Bem Ser Diferente

Olímpiadas internasEsporteterapia – Todo mundo precisa conhecer!

Deveria ser em 1989, no Campo do Lazer de Belo Horizonte – para os mais novos, hoje é o Diamond Mall. Era um espaço esportivo excelente, onde a Prefeitura realizava programas esportivos.

Lembro-me que quando entrei naquele lugar, uma das quadras poliesportivas, em particular, brilhava. Aos meus olhos, ela chamava tanta atenção que chegava a ofuscar. Calouro do curso de Educação Física da UFMG, não estava entendendo aquela energia que me deslumbrava e atraia. Quando entrei na quadra, vi a professora Barbara Baptista (Babi) dando aula para uma turma de alunos com deficiência intelectual (alunos com TGD, TEA, Síndrome de Down entre outras) fiquei aturdido e extremamente feliz. E, nesse dia decidi:  é isso que eu quero fazer na minha vida.

Já se passaram 24 anos de dedicação à Educação Física Adaptada para pessoas com deficiência. Há mais ou menos 07 ou 08 anos atrás, conheci o termo Esporteterapia e entendi que era o que eu praticava todos esses anos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O que é Esporteterapia?

É a pratica esportiva adaptada (jogos, brincadeiras e iniciação esportiva) aos diversos tipos de deficiência, que visa inserção social e a melhoria da qualidade de vida. Pode ser utilizada como ferramenta de Reabilitação Psicomotora, agente de inclusão esportiva, tendo como consequência o desenvolvimento integral da pessoa com deficiência. Os benefícios são observados em três pilares básicos: psicomotricidade; construção de relações sociais e construção de auto estima positiva.

Isso parece um pouco óbvio, mas quando você pensa na realidade de uma criança com paralisia cerebral, que está em um ambiente clínico desde recém-nascida, onde não há um ambiente controlado, nem pessoas preparadas para ajudá-la a participar de uma aula de Educação Física, ajudá-la a brincar, não é tão óbvio assim.

A Esporteterapia está hoje implantada em uma instituição que deu condições de desenvolver um trabalho muito especial. Esta instituição é a AMR – Associação Mineira de Reabilitação. Com 49 anos de existência, instalada no bairro Mangabeiras, atende, hoje, mais de 500 crianças e adolescentes carentes, com paralisia cerebral e algumas síndromes raras, sendo referência internacional e nacional no tratamento de Reabilitação.

O projeto “Inclusão Esportiva- AMR” iniciou o processo de implantação e desenvolvimento e, hoje temos o Departamento de Esporteterapia já estruturado com muito sucesso e reconhecimento clínico e social. Com uma metodologia que enfoca o que criança mais gosta de fazer: brincar. Só que um brincar com fundamentos teóricos e elaborados para a prática. Proporcionando, para crianças e adolescentes, estímulos psicomotores; psicológicos e sociais, envolvidos com um ingrediente irresistível: a ludicidade. Este “tempero” transforma qualquer desafio em uma brincadeira deliciosa!

“Reabilitar para incluir” – esse é o nosso lema. Partindo deste princípio, conseguimos inserir atividades fora da instituição, para que as crianças começassem interagir com a sociedade. Então foi criada a Equipe de Bocha Paralímpica; Equipe de Trecking; Capoeira Adaptada; sessões de Esporteterapia em conjunto com escolas particulares e com empresas parceiras que veem visitar a AMR. Em consequência disso, a tecnologia desenvolvida hoje é utilizada para capacitar professores de Educação Física da Rede Municipal de Belo Horizonte e, somos convidados para apresentar nosso trabalho em Congressos nacionais e internacionais.

Para finalizar, fomos agraciados com o prêmio: Cidadãos do Mundo, promovido pelo Jornal Hoje em Dia, onde é reconhecida a competência e coragem da AMR.

Entretanto, como Educador Físico, o mais precioso é ver uma criança com paralisia cerebral grave, entrar em uma quadra poliesportiva, encontrar uma equipe de professores felizes e preparados para brincar com ela e esta gritar e se contorcer, na cadeira de rodas, em uma explosão de felicidade. Isso é que vale: muita alegria na Esporteterapia!

Anúncios